Olhar Jurídico

Domingo, 14 de abril de 2024

Notícias | Civil

AÇÃO DO SINTEP

TJ mantém adicional para aposentados da Educação de Mato Grosso

Foto: Sintep

TJ mantém adicional para aposentados da Educação de Mato Grosso
O Tribunal de Justiça (TJMT) manteve decisão que impediu o Governo de Mato Grosso de cortar o adicional de fim de carreira dos aposentados da Educação. Ação foi movida pelo Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) e, conforme a entidade, cerca de 200 aposentados devem receber o benefício.

Leia mais
Mãe de Carlinhos Bezerra quer ter direito a fazer visitas em dias não convencionais

O litígio perdura há mais de 15 anos, quando a categoria provocou o Poder Executivo para revisão do benefício, em 2007. Em 2022, o governo resolveu retomar o processo para a suspensão do adicional de fim de carreira.
 
Para o Sintep-MT, a suspensão é vista como um ataque à categoria, pois além de estarem com salários defasados, devido à ausência de correções anuais, os aposentados sofrem com a retomada da taxação previdenciária, o que levou o sindicato a considerar a ordem do TJMT uma vitória aos atuantes da educação.  
 
Segundo a assessoria jurídica do Sintep-MT, o valor de 20%, sobre o piso salarial da época, nunca foi reajustado. A estimativa é que cerca de 200 aposentados recebam o adicional que, mesmo irrisório, significa um percentual considerável na fonte de renda dessas pessoas.

(Com informações da assessoria)
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet