Olhar Jurídico

Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Notícias | Criminal

acusado por morte

Defesa estuda pedir esquema de segurança para acompanhar Pacolla após Justiça suspender porte de arma

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Defesa estuda pedir esquema de segurança para acompanhar Pacolla após Justiça suspender porte de arma
O advogado Ricardo da Silva Monteiro, que atua na defesa do vereador Marcos Paccola, afirmou nesta terça-feira (2) que avaliará a possibilidade de requerer segurança para seu cliente. Acusado pela morte do agente socioeducativo Alexandre Miyagawa de Barros, Paccola, que é policial militar da reserva, teve o porte de arma suspenso em decisão do juiz Flavio Miraglia, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá.

Leia também 
Justiça recebe ação contra Paccola e determina suspensão do porte de arma

 
Ao Olhar Jurídico, Ricardo Monteiro explicou que ainda não teve acesso à decisão. O advogado, porém, explicou que Paccola, quando atuava na função de policial militar, combateu criminosos de alta periculosidade, como os envolvidos na modalidade novo cangaço. Ricardo Monteiro salientou ainda que esquema de segurança a Paccola pode ser requerido diretamente à Câmara.
 
Paccola foi denunciado por homicídio qualificado. O Ministério Público defende que o crime foi cometido mediante utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima e por motivo torpe. Processo já foi recebido, ou seja, Paccola é considerado réu.

Os promotores de Justiça que integram o Núcleo de Defesa da Vida relatam que as análises do laudo pericial e dos depoimentos de testemunhas confrontados às imagens de câmeras existentes no local demonstram que “em nenhum momento a vítima agrediu ou ofendeu quem quer que lá estivesse”. Além disso “não apontou sua arma de fogo na direção de ninguém, sendo alvejada pelas costas pela ação do denunciado”.

O crime foi cometido no dia 1º de julho, por volta das 19h40, na Rua Presidente Arthur Bernardes, no bairro Quilombo. Segundo apurado, a vítima estava na companhia de sua convivente Janaina Maria Santos Cícero de Sá Caldas.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet