Olhar Jurídico

Terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias / Civil

Ministério Público investiga contrato do Samu valorado em R$ 4 milhões

Da Redação - Arthur Santos da Silva

04 Set 2019 - 10:52

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Ministério Público investiga contrato do Samu valorado em R$ 4 milhões
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) instaurou no dia 29 de agosto inquérito para investigar licitação e contrato de R$ 4 milhões do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) durante gestão Pedro Taques (PSDB) no Poder Executivo.

Leia também 
TSE nega recurso do PSL que pedia suspensão da decisão que cassou senadora Selma

 
Portaria foi assinada pelo promotor Clóvis de Almeida Junior. Relatório da Corregedoria Geral do Estado apontou ocorrência de inúmeras irregularidades. O procedimento licitatório é identificado pelo número 30/2016/SES. O contrato é identificado pelo número 068/2016/SES.
 
“Verifica-se que o ofício CGE/GAB nº 0989/2019 e relatório de auditoria que o acompanha (nº 0029/2019) informam acerca da ocorrência de inúmeras irregularidades na licitação e contrato objetos da presente noticia de fato”, afirmou o promotor.
 
Clóvis de Almeida determinou ainda que seja solicitado à Delegacia Fazendária (Defaz) informações acerca da existência de inquérito policial com o mesmo objeto da representação.
 
O promotor também determinou que seja solicitado ao Tribunal de Contas (TCE-MT) informações a respeito de eventual representação com os mesmos fatos e apontamentos realizados no julgamento das contas do ano de 2016 e 2017.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet