Olhar Jurídico

Segunda-feira, 20 de maio de 2024

Notícias | Trabalhista

NEGOCIAÇÃO INUSITADA

Advogado aceita pagamento de honorário em R$ 1 mil e 20 cachorros-quentes do Zé Dog

Foto: Reprodução

Advogado aceita pagamento de honorário em R$ 1 mil e 20 cachorros-quentes do Zé Dog
O advogado Rodolfo Borges foi personagem de uma matéria do UOL neste sábado (9) por conta de uma negociação inusitada envolvendo uma ação trabalhista na qual atuou. Ele advogou para um ex-funcionário da tradicional lanchonete do Zé Dog, uma das mais conhecidas e antigas de Cuiabá, e aceitou como pagamento por seus honorários a quantia de R$ 1 mil e mais 20 cachorros-quentes, além de uma indenização no valor de R$ 20 mil para seu cliente.


Leia mais:
OAB Mato Grosso restabelece registro de advogado conhecido por ostentação nas redes


À reportagem do UOL, Borges contou que o caso aconteceu em 2020, quando ele entrou em uma videoconferência para negociar a favor de seu cliente. Na ocasião, ele pedia, no processo, o pagamento de férias vencidas e horas extras - o que lhe foi concedido. E acabou também com a posse de uma moto comprada em nome do dono do comércio e que tinha as parcelas pagas pelo trabalhador.

De acordo com a decisão da Justiça, a empresa teria que pagar um total de R$ 21 mil em dinheiro, sendo R$ 20 mil para o ex-funcionário e o R$ 1 mil restante se referia ao honorário do advogado, que também pediu 20 cachorros-quentes da lanchonete.

Segundo o advogado, o dono da Zé Dog ainda tentou argumentar e oferecer apenas 10 lanches. Rodolfo rebateu. "Não, [quero] 20", disse. E assim foi decidido.

"Esse cachorro-quente é muito gostoso. O pão é de primeira, a salsicha é de primeira, ele faz um vinagretezinho. É uma delícia", justificou o advogado, que acrescentou que os lanches inclusive já foram todos consumidos.

Veja AQUI a reportagem completa.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet