Olhar Jurídico

Sábado, 21 de maio de 2022

Notícias | Empresarial

CRISE

Posto de combustível entra em recuperação por dívida de R$ 2 milhões

Foto: Ilustração

Posto de combustível entra em recuperação por dívida de R$ 2 milhões
A magistrada Luciana Braga Simão Tomazatti, da Vara Única de Dom Aquino (150 Km de Cuiabá), homologou a recuperação judicial rogada pela pessoa jurídica Flores comércio de combustíveis LTDA, responsável por posto de combustível da rede Zema no município, e endividada em R$ 2,1 milhões. A decisão foi proferida no dia 15 de dezembro.

Leia mais:
STF nega recursos e mantém desmembramento de inquérito da Operação Ararath


Conforme os autos, a empresa é representada por Marçal Simundi Flores e Marçal Flores Silva. No caso, foi informado que, “com a paralisação de suas atividades não somente os trabalhadores em exercício perderão sua fonte de sustento como também diversos postos de trabalho deixarão de ser criados, riquezas deixarão de ser geradas, impostos deixarão de ser recolhidos”.

Com a homologação, foi nomeado como administrador judicial o advogado Naor de Melo Franco. Foi determinado, ainda, a suspensão de todas as ações ou execuções contra o devedor. Segundo os autos, a empresa está em funcionamento desde fevereiro de 1984, na região central de Dom Aquino.

O processo de recuperação judicial obedece legislação que busca salvaguardar o comércio, dando atenção à finalidade social, pela manutenção de empregos, oferecendo sustentabilidade econômica.

* Atualiza às 17h48


Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet