Olhar Jurídico

Domingo, 16 de junho de 2024

Notícias | Eleitoral

MÁGOA

Fiúza diz que Taques foi omisso e afirma que provas ‘fartas’ lhe farão justiça

Foto: Reprodução

Fiúza diz que Taques foi omisso e afirma que provas ‘fartas’ lhe farão justiça
O empresário Paulo Fiúza, que tenta na Justiça garantir a primeira suplência de Pedro Taques (PDT), afirmou ao Olhar Direto que demorou 3 anos para entrar com a ação pois esperava uma intervenção política do senador pedetista para resolver o imbróglio. Fiúza garante que Taques não tem envolvimento com a ‘fraude’ na ata, mas declarou que o senador foi ‘omisso’ na busca por uma solução para o problema formal. 


Leia mais
Pozetti extingue ação sobre suplência de Taques; Fiúza entra com agravo regimental

“O senador não tem participação nessa história toda da ata, apenas eu insisto em dizer que ele foi omisso quanto a tomar uma decisão política para reverter tudo isso”, disse o empresário que hoje está filiado ao Solidariedade (SD).

Essa semana, o juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), André Pozetti, excluiu a Ação Declaratória de Nulidade proposta pelo empresário alegando que esse tipo medida não seria o correto para buscar a troca na ordem dos suplentes. Fiúza busca anular a ata e o registro de candidatura do Policial Rodoviário Federal José Medeiros, que foi diplomado como primeiro suplente.

A defesa de Fiúza, sob responsabilidade do advogado Marcelo Segura, entrou com um agravo regimental solicitando que o juiz reveja sua posição ou remeta o caso para votação do pleno do tribunal.

Segundo Fiúza, existem provas concretas de que houve falsificação das assinaturas de alguns membros da coligação. “As provas são fartas. Temos um laudo pericial confirmando as fraudes nas assinaturas, temos uma declaração assinada pelo Medeiros reconhecendo ser segundo suplente, além de matérias da imprensa com falas do deputado federal Valtenir Pereira afirmando que não assinou a ata”, pontuou o empresário.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet