Olhar Jurídico

Segunda-feira, 20 de maio de 2024

Notícias | Trabalhista

acesso à justiça

Projeto de lei de que acelera prazos na justiça trabalhista vai à sanção presidencial

Foto: Olhar Direto

Autor acredita em maior agilidade em processos judiciais

Autor acredita em maior agilidade em processos judiciais

Foi para sanção presidencial o projeto de lei que dispõe sobre o processo de recursos no âmbito da Justiça do Trabalho e altera o Decreto Lei n° 5.452, de 1943, da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O PL, de autoria do deputado federal Valtenir Pereira (PROS-MT), já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.


Segundo o deputado, o projeto vai agilizar o trâmite dos processos, tanto no âmbito dos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) como no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Também são estabelecidos dispositivos normativos na CLT, no intuito de impor sanções e coibir a interposição de recursos protelatórios, um dos maiores desafios do judiciário.

Leia mais
Aqueles que têm sede de justiça continuam com sede, afirma Valtenir
Mauro Mendes, sócio, juiz trabalhista e mais dois são denunciados pelo MPF por suposto esquema em compra de mineradora

“Queremos uniformizar as decisões e procedimentos de como tratar os recursos. Daremos mais consistência e segurança jurídica às partes, tanto ao trabalhador, que detém a força do trabalho, quanto ao empregador, que detém o capital”, afirmou o parlamentar por meio de sua assessoria de imprensa.

Valtenir acredita que o projeto desafogará o judiciário. “Assim o poder judiciário ganha mais agilidade para cumprir o seu papel institucional dentro do regime democrático de direito”, frisou.

A presidente Dilma tem prazo de 15 dias para sancionar a proposta. Caso a presidente não sancione o projeto nesse período, ele será tido como sancionado tacitamente. Sancionado o texto, o projeto é transformado em lei e publicado na imprensa oficial.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet