Olhar Jurídico

Terça-feira, 26 de maio de 2020

Artigos

Meio milhão de pessoas

Autor: Euclides Ribeiro

23 Jan 2020 - 08:00

Reprodução

Esse é o número de eleitores em Mato Grosso que tem o título de eleitor cassado ou suspenso. Frustrados que estão com os políticos que temos, simplesmente desistiram de exercer seu mais sagrado direito dentro da democracia.

Não culpo ninguém, eu mesmo quase deixei de renovar o meu por não mais acreditar no sistema político brasileiro, eis que surge algo NOVO.

Sou perguntado porque quis entrar na política. Esse ano foi importante para Mato Grosso, e para mim, após onze anos discutindo o direito dos produtores rurais negociarem suas dívidas, via um processo chamado recuperação.  Área em que me especializei, o STJ disse finalmente que esse direito é garantido a todos produtores do Brasil. Essa vitória foi importante para Mato Grosso e todo país, e também foi uma constatação para mim, que pelo trabalho, persistência e resiliência é possível mudar. E fica a lição: podemos renovar. 

No judiciário a briga jurídica foi grande, contra multinacionais, tradings e bancos, prevaleceu a defesa da produção, que fará com que os produtores de Mato Grosso deixem de gastar bilhões em juros, taxas e multas indevidas. 

Como demorou 11 anos, um bom tempo mesmo no judiciário, e brigamos contra interesses de muitos poderosos, descobri que o melhor e mais rápido caminho para mudanças efetivas vem da política, na Casa de Leis. Ali, teremos mais voz, mais força para gritar contra tudo que vemos de errado. Convenhamos, melhor lá, no Congresso, do que no sofá da sala, reclamando em frente à TV que todos políticos são ladrões.

Se são, ou não, depende de nós, que colocamos eles lá, e com o NOVO vi a chance de furar o bloqueio de campanhas milionárias, compra de votos, troca de cargos, escambo de favores.

O Novo não recebe dinheiro público. Todos os outros partidos recebem R$ 2 bilhões de reais para fazerem propaganda. Esse absurdo faz com que seu salário fique menor para que eles possam expor as ideias deles, sem risco nenhum. Está certo isso? Não. Ajude-me a acabar com essa mamata, participe, vista a camisa de eleitor, faça seu título e venha na onda da mudança.

O NOVO faz um processo seletivo, o qual até você pode e deve participar, eu inclusive ainda nem fui aprovado, só me coloquei à disposição, mas estou empolgado, entusiasmado que com meus colegas de partido podemos ao menos participar do processo e depurar esses que, do sofá, chamávamos de ladrões.

O espaço que não for tomado pelos bons será ocupado pelos maus políticos. Se em vista de todas mudanças que vimos nos últimos anos no Brasil não aproveitarmos essa chance, poderemos perder o que ainda nem conquistamos. Votar é nossa mais eficiente arma. Vamos fazer Mato Grosso o Estado que mais engajamento político tem, assim, nessa eleição ímpar que se avizinha, vamos mostrar ao Brasil que estamos construindo um país melhor.

Euclides Ribeiro é Advogado e Pré Candidato ao Senado Pelo NOVO
Sitevip Internet