Olhar Jurídico

Terça-feira, 21 de maio de 2024

Notícias | Criminal

DETIDO NA PCE

Cumprindo 200 anos no regime fechado, Sandro Louco pede autorização para visita de mãe e esposa; juiz nega

Foto: Reprodução

Cumprindo 200 anos no regime fechado, Sandro Louco pede autorização para visita de mãe e esposa; juiz nega
O juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais, não autorizou que a mãe e a esposa do líder do Comando Vermelho em Mato Grosso, Sandro Silva Rabelo, o “Sandro Louco”, pudesse visita-lo na Penitenciária Central do Estado, onde ele está preso cumprindo pena de 200 anos, pelos crimes de desacato, falsificação, roubo, homicídio, latrocínio, sequestro e cárcere privado e posse ou porte de arma de fogo.  


Leia mais: Em recuperação judicial por R$103 milhões, pai e filho do agro têm passivo de R$47 mi com securitizadora e bancos

Defesa de Sandro Louco pediu ao juízo autorização para que fosse confeccionada carteira de visitante em nome da sua mãe, a senhora Irene Pinto Rabelo Holanda e sua esposa, Thaisa Souza de Almeida.

Fidelis solicitou informações da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, onde Sandro, Irene e Thaisa respondem ação penal, com objetivo de saber se haveria medida cautelar que impediria a comunicabilidade entre os três. E a resposta foi que não há o impedimento.

Intimado, o Ministério Público se manifestou contrário ao pedido de Sandro Louco, independente da ausência da cautelar sobre a incomunicabilidade entre eles.

Ao decidir sobre o requerimento, Fidelis anotou que, apesar de a Lei de Execuções Penais impor a visita como direito do preso, no caso de Sandro Louco, tais visitas poderiam fragilizar a ordem pública e a segurança da sociedade. Isso porque tanto Irene como Thaisa respondem ações penais por delitos graves, inclusive por supostamente integrarem organização criminosa.

“Com essas considerações, deixo de acolher o pedido de autorização para confecção de carteira de visitante em nome de Irene Pinto Rabelo Holanda/ Irene Rabelo Uszko e Thaisa Souza de Almeida. Aguarde-se o cumprimento da pena”, proferiu.  
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet