Olhar Jurídico

Sábado, 13 de abril de 2024

Notícias | Criminal

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Justiça de Minas Gerais mantém prisão de suspeito de matar duas pessoas no Shopping Popular

Foto: Reprodução

Justiça de Minas Gerais mantém prisão de suspeito de matar duas pessoas no Shopping Popular
O juiz da Vara de Execuções Penais e de Precatórias Criminais da Comarca de Uberlândia (MG), Lourenço Migliorini Fonseca Ribeiro, manteve a prisão de Silvio Peixoto Júnior, 26 anos, preso suspeito de ter executado duas pessoas no Shopping Popular, em novembro de 2023. Ele deverá ser recambiado para Mato Grosso nesta quarta-feira (27).

Leia também
Justiça mineira autoriza transferência de suspeito de executar dupla no Shopping Popular de Cuiabá

 
A decisão foi tomada durante audiência de apresentação, no início da tarde desta terça-feira (26). A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá com apoio de agentes da Polícia Civil mineira.
 
Silvio será trazido a Mato Grosso para ficar à disposição da Justiça. A Secretaria de Segurança Pública vai definir qual presídio ele ficará recluso. O mandante e o motivo do crime ainda não foram revelados pelo investigado.
 
Ele deverá ser recambiado em uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). O veículo aéreo, inclusive, foi preponderante para que o juiz Luis Eusébio Camuci, da Comarca de Uberlândia (MG), autorizasse a transferência.
 
Quase desistiu do crime
 
Em depoimento, realizado ainda na cidade mineira, conforme publico pelo Olhar Direto, Silvio teria recebido R$ 10 mil para cometer o crime. O homem relatou que quase desistiu da emboscada, mas estaria passando por dificuldade financeira e, por isso, aceitou matar Gersino Rosa dos Santos, 43 anos, o Nenê Game. Cleyton de Oliveira de Souza Paulino, 27 anos, teria sido morto por acidente.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet