Olhar Jurídico

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Criminal

corpo encontrado na MT-430

Juiz mantém prisão de CAC acusado de matar mulher a tiros; audiência marcada

Foto: Reprodução

Juiz mantém prisão de CAC acusado de matar mulher a tiros; audiência marcada
O juiz Caio Almeida Neves Martins manteve a prisão de Cristian Angrey Alves Vicente, acusado de matar Danrlaine dos Santos Ramos, de 27 anos, a tiros, no mês de agosto do ano passado, na MT-430, em Confresa (1.049 km de Cuiabá). O homem era CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador) e chutou a vítima enquanto ela estava no chão.


Leia também
Vereador que chamou colega de 'c*' cobra indenização e retratação por réplica; juiz nega

No documento, o magistrado também marcou para o dia 17 de maio deste ano a audiência de instrução que pode levar Cristian para o julgamento popular. Ele deverá permanecer preso até o julgamento.

"No que diz respeito à custódia cautelar do acusado, verifica-se a presença dos requisitos do artigo 312, do Código de Processo Penal, em especial, a garantia da ordem pública, em razão da periculosidade do agente traduzida pelo modus operandi de suas condutas delituosas, de modo que foi pronunciado em relação a 04 (quatro) crimes dolosos, não verifico qualquer alteração fática ou processual que a fim de autorizar a revogação da segregação cautelar que ainda apresenta-se imprescindível para garantia da ordem pública", diz trecho do documento.

No curso das investigações, foi constatado que Danrlaine e Cristian estavam juntos há oito meses e que tinham um relacionamento conturbado. Em uma das ocasiões, o acusado exigiu que a vítima saísse do emprego porque ele tinha ciúmes.

No dia 6 de agosto, o casal foi para a casa de alguns amigos na Vila Lumiar e passou o dia ingerindo bebida alcóolica. No local, o suspeito já havia efetuado alguns disparos com a arma de fogo.

Quando o casal estava no carro, ocorreu um desentendimento e a mulher foi baleada. O delegado Diogo Jobane Neto pontuou que enquanto a vítima estava chão, ela ainda foi atingida com chutes. O agressor só parou quando testemunhas se aproximaram.

O corpo da vítima foi encontrado às margens da  rodovia, em uma poça de sangue. Segundo a perícia, Danrlaine foi atingida por um tiro próximo à garganta. 

Após a fuga, Cristian foi ultrapassado pelo carro da segunda vítima. O atirador emparelhou o Volkswagem Parati com o carro do jovem e efetuou tiros nele. 

A vítima foi atingida no braço e axila. O homem relatou que, para fugir dos tiros, entrou em uma área de lavouras e foi seguido pelo criminoso, que caiu com o veículo em um dreno. Após o fato, ele conseguiu acionar a PM.

Em primeiro momento, a vítima havia informado que tentou ajudar o suspeito após o acidente e logo depois foi baleado.

No carro do suspeito foi encontrado uma cápsula de calibre 9 mm, garrafa de bebida alcóolica, sandálias e vasta quantidade de sangue.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet