Olhar Jurídico

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Notícias | Administrativo

CONFIRA

Órgão Especial aprova remoção de juízes para unidades judiciárias do interior

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Órgão Especial aprova remoção de juízes para unidades judiciárias do interior
O Órgão Especial do Tribunal de Justiça (TJMT) aprovou os concursos de remoção de juízes e juízas para unidades no interior do Estado. Aprovação ocorreu durante sessão realizada na manhã desta segunda-feira (13). As vagas foram providas obedecendo aos critérios de antiguidade e merecimento. Veja abaixo.

As vagas providas obedecem aos critérios de antiguidade e merecimento.

Leia mais: Juízes candidatos a novos desembargadores terão que apresentar 5 decisões ao TJ

O juiz Antonio Fábio da Silva Marquezini foi removido pelo critério de merecimento para a Segunda Vara da Comarca de Alta Floresta.

O juiz Conrado Machado Simão foi removido para a Primeira Vara Criminal de Lucas do Rio Verde pelo critério de merecimento.

O juiz Jorge Hassib Ibrahim foi removido pelo critério de antiguidade para a Primeira Vara Cível de Água Boa.

O juiz Tiberio de Lucena Batista foi removido para a Quinta Vara de Alta Floresta, pelo critério de merecimento.

A juíza Paula Tathiana Pinheiro foi removida para a Terceira Vara da Comarca de Colíder pelo critério de antiguidade.

A juíza Lucelia Oliveira Vizzotto foi removida por antiguidade para a Terceira Vara da Comarca de Mirassol D’Oeste.

A juíza Djessica Giseli Kuntzer foi removida por merecimento para a Primeira Vara de Pontes e Lacerda.

A juíza Lidiane de Almeida Anastácio Pampado foi removida para a Quarta Vara da Comarca de Primavera do Leste pelo critério de antiguidade.

O juiz Jean Garcia de Freitas Bezerra foi removido para o Primeiro Juizado Especial da Comarca de Rondonópolis pelo critério de antiguidade.

O juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva foi removido para a Primeira Vara de São José do Rio Claro pelo critério de merecimento.

O juiz Pedro Antonio Mattos Schmidt foi removido pelo critério de antiguidade para a Segunda Vara de São José do Rio Claro.

A juíza Melissa de Lima Araújo foi removida pelo critério de merecimento para a Vara Especializada da Infância e Juventude de Sinop.

A juíza Emanuelle Chiaradia Navarro Mano foi removida para a Quinta Vara Cível da Comarca de Sorriso pelo critério de antiguidade. 

(Com informações da Assessoria do TJMT)
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet