Olhar Jurídico

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias | Criminal

MONITORADO POR TORNOZELEIRA

Moraes autoriza presbítero réu do '8 de Janeiro' a frequentar cultos da Assembleia de Deus

Foto: Reprodução

Moraes autoriza presbítero réu do '8 de Janeiro' a frequentar cultos da Assembleia de Deus
Denunciado por ser um dos autores intelectuais dos atos que vandalizaram as sedes dos Três Poderes, em Brasília, no conhecido 8 de Janeiro, o presbítero Roberto Carlos Rodrigues Antônio foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a frequentar cultos realizados na igreja que congrega, Assembleia de Deus Missões de Mato Grosso, localizada no centro de Sinop. Decisão de Moraes foi proferida neste domingo (5).


Leia mais 
Chefe da AGU defende que Assembleia seja obrigada a destinar metade de emendas impositivas à Saúde

 
Roberto se tornou réu no Supremo no âmbito do Inquérito 291, que investiga os autores intelectuais e pessoas que instigaram os atos, denunciado por incitação ao crime (artigo 286, parágrafo único, do CP) e associação criminosa (artigo 288).

Ele apresentou requerimento ao juízo da 3ª Vara Criminal de Sinop requerendo autorização para frequentar os cultos da igreja Assembleia de Deus, às segundas, terças, quintas e sábados, das 19h30 às 21h30 e, no domingo, na escola dominical e no culto geral, pela manhã e noite.

Pedido foi acompanhado de declaração assinada pelo pastor presidente da Assembleia, Vanderley Cardos, afirmando que Roberto é membro da congregação, desempenha a função de presbítero e frequenta os cultos nos referidos dias e horários.

Examinando o pedido, Alexandre de Moraes apontou que não há motivos para modificações nas medidas cautelares que foram impostos a Roberto. O presbítero está proibido de sair da comarca, deve se recolher em domicílio no período noturno e nos finais de semana, e está sendo monitorado por tornozeleira eletrônica.

No entanto, Moraes entendeu como razoável autorizar que ele possa participar dos cultos que são realizados aos domingos pela manhã na escola dominical, das 8h30 às 10h30.

“Diante do exposto, defiro parcialmente o requerimento formulado por Roberto Carlos Rodrigues Antônio, autorizando que possa frequentar aos cultos realizados na Igreja que congrega, Assembleia de Deus Missões de Mato Grosso, localizada na Rua das Pitangueiras, n° 720, Centro, Sinop/MT, no domingo de manhã na escola dominical das 08:30 às 10:30 horas”, proferiu Moraes.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet