Olhar Jurídico

Sábado, 20 de abril de 2024

Notícias | Criminal

USARÁ TORNOZELEIRA

Justiça solta ex-vereador de 70 anos preso após menina revelar estupros para professora

Foto: Reprodução

Justiça solta ex-vereador de 70 anos preso após menina revelar estupros para professora
O ex-vereador de Cáceres Manoel Ferreira de Matos, de 70 anos, preso em flagrante por indícios de estupro de vulnerável contra uma menina de 12, a qual ele tinha livre acesso a residência por conta da proximidade com seus pais, foi solto pela Justiça depois que passou por audiência de custódia, realizada neste domingo (24). Ele será monitorado por tornozeleira eletrônica e ficou proibido de se aproximar da vítima.

Leia mais 
Ex-vereador de 70 anos é preso após menina de 12 revelar estupros para professora que viu mensagens


A juíza Sabrina Andrade Galdino Rodrigues, do Plantão da Comarca de Cáceres, considerou que Manoel tem residência fixa e emprego lícito, não ostenta condenação criminal, ou seja, que não há impedimento para que fosse concedido a liberdade provisória.

Além da tornozeleira eletrônica e da proibição de se aproximar da vítima e seus familiares, o ex-vereador terá que pagar fiança de R$ 6,6 mil, não poderá frequentar bares, boates, bocas de fumo, casa de prostituição, não ingerir bebida alcoólica ou uso de drogas e terá que se recolher em casa. À vítima, a Justiça disponibilizou o botão do pânico.

O caso

Manoel foi preso em flagrante na sexta-feira (22), após a professora encontrar as referidas mensagens. Ela relatou aos policiais que a criança estava conversando por Whatsapp com um "senhor de cabelos brancos" e pediu que ela mostrasse as mensagens. A vítima começou a ficar nervosa e pegou o celular para apagar trechos da conversa. 

No entanto, ela foi acolhida pela coordenação da unidade e começou a chorar dizendo que Manoel é amigo da família e "passava a mão no corpo dela". Conforme a criança, os abusos sexuais começaram no ano passado, quando o suspeito começou a ir na casa dela pela manhã, enquanto os irmãos estavam na escola e a mãe no trabalho. 

Em depoimento, a conselheira tutelar que atendeu a ocorrência explicou que os estupros começaram quando a menina tinha 11 anos, em novembro do ano passado, quando Manoel levou a vítima para um motel da cidade. A criança contou as professoras que "ela não gosta do que ele faz". 

Ela também relatou que Manoel costuma segui-la de carro sempre que a vê indo para a escola. Na segunda-feira (18), o suspeito teria entrado na casa da vítima pela porta dos fundos enquanto ela dormia. Quando a menina acordou, foi surpreendida com o idoso mantendo relação sexual com ela. 

O ex-vereador teria ameaçado a criança dizendo que se ela contasse algo, os pais seriam agredidos. A mãe da menina foi acionada pela Polícia Militar e confirmou que Manoel é frequentador assíduo da casa da família. Ele foi levado para a Central de Flagrantes. 

O Olhar Direto procurou a defesa de Manoel, que ainda não se pronunciou sobre o caso. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet