Olhar Jurídico

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Notícias | Eleitoral

PLEITO DE 2022

Diplomação de candidatos eleitos em Mato Grosso ocorrerá dia 15 de dezembro

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Diplomação de candidatos eleitos em Mato Grosso ocorrerá dia 15 de dezembro
Os candidatos eleitos no pleito de 2022 serão diplomados no próximo dia 15 de dezembro, em cerimônia que será realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT). O evento ocorrerá a partir das 19h, no teatro Zulmira Canavarros, localizado em anexo à Assembleia Legislativa (ALMT) em Cuiabá. A entrega dos diplomas será feita a 37 candidatos que foram eleitos no pleito deste ano, entre titulares e suplentes.

Leia mais: 
PGR oficia Mendes e articula com ministro da Justiça reforço para liberação de rodovias em Mato Grosso

O pleito ocorreu no dia 2 de outubro, com a definição dos cargos de governador de Mato Grosso, deputados estaduais, deputados federais e senador, em primeiro turno. Já a definição do cargo de presidente ocorreu em segundo turno, no dia 30 de outubro.

Eleito com 68,45% dos votos, o atual governador do estado, Mauro Mendes (União), será diplomado no cargo para o segundo mandato. O vice-governador eleito, Otaviano Pivetta, também receberá o diploma para o exercício do segundo mandato no cargo. No Senado Federal, Wellington Fagundes (PL) será o representante de Mato Grosso, com 63,54% dos votos, tendo como 1º suplente Mauro Carvalho e 2ª suplente, Rosana Martinelli.

Serão diplomados ainda, nos cargos de deputados(as) federais: Fábio Garcia (União), Abílio Diniz (PL), José Medeiros (PL), Juarez Costa (MDB), Emanuel Pinheiro da Silva Primo – Emanuelzinho (MBD), Amália Barros (PL), Rubia Fernanda Diniz Robson Santos de Siqueira - Coronel Fernanda (PL) e Jonildo José de Assis - Coronel Assis (União).

Já nas vagas de deputados(as) estaduais, receberão o diploma: Janaína Riva (MDB), Max Russi (PSB), Eduardo Botelho (União), Ondanir Bortolini – Nininho (PSD), Lúdio Cabral (PT), Gilberto Cattani (PL), Dilmar Dal Bosco (União), Sebastião Machado Rezende (União), Júlio Campos (União), Thiago Silva (MDB), Faissal Calil (Cidadania), Fábio José Tardin – Fabinho (PSB), Valdir Barranco (PT), Carlos Avalone (PSDB), Alberto Machado – Beto Dois a Um (PSB), Claudio Ferreira (PTB), Diego Guimarães (Republicanos), José Eugênio de Paiva – Dr. Eugênio (PSB), Valmir Moretto (Republicanos), João José de Matos – Dr. João (MDB), Paulo Araújo (PP), Wilson Santos (PSD), Elizeu Nascimento (PL) e Lídio Barbosa – Juca do Guaraná Filho (MDB). No caso dos(as) suplentes, serão diplomados(as) um(a) por partido.

Juntamente com o convite da Justiça Eleitoral, os eleitos que serão diplomados terão direito a um acompanhante e convidados. Cada deputado estadual, deputado federal e senador receberão 10 credenciais, além do acompanhante. O mesmo vale para o cargo de vice-governador. Já o governador terá direito, além de um acompanhante, a 50 convidados. O 1º e a 2ª suplentes de senador receberão, além do convite de acompanhante, cinco credenciais.

 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet