Olhar Jurídico

Terça-feira, 18 de junho de 2024

Notícias | Eleitoral

CRIME ELEITORAL

Eleitor que filmou voto em Bolsonaro grava vídeo de retratação, trabalhará como mesário e pagará multa; veja vídeo

Eleitor que filmou voto em Bolsonaro grava vídeo de retratação, trabalhará como mesário e pagará multa;   veja vídeo
O promotor da 16ª Zona Eleitoral de Vila Rica, Jacques de Barros Lopes, sugeriu a retratação do eleitor bolsonarista que gravou vídeo do momento do seu voto. Robson Cleiton do Nascimento teve de gravar um vídeo, no qual, se retrata e diz que cometeu crime eleitoral. A decisão foi proferida na tarde dessa sexta-feira (18).


Leia Mais:
Policiais cumprem mandado de apreensão de celular usado para gravar urna eletrônica

Robson também terá que trabalhar como mesário, no dia 30 de outubro das 7 às 17h, prestar serviços comunitários e pagar multa no valor de meio salário mínimo para uma instituição de caridade do município.
De acordo com a denuncia, Robson teria adentrado à cabine de votação com seu smartphone e filmou o momento em que votou para o cargo de presidente da República. Além disso, também divulgou o vídeo no seu perfil do Instagram e pediu votos ao candidato a reeleição Jair Bolsonaro (PL).

O representante do MP eleitoral fez uma proposta de transação penal, pois o crime se trata de menor potencial ofensivo. A polícia civil chegou a cumprir mandado de busca e apreensão contra o aparelho celular. Após cumprimento do mandado, o eleitor investigado pela filmagem e divulgação da imagem foi conduzido à Delegacia de Vila Rica, onde foi ouvido pelo delegado Gustavo Ataíde e posteriormente liberado. O aparelho celular ficou apreendido.

Veja o vídeo de retratação:
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet