Olhar Jurídico

Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Notícias | Eleitoral

sem caixa 2

Justiça arquiva inquérito que investigava Taques por suposta doação de R$ 1 milhão feita por Eraí Maggi

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Justiça arquiva inquérito que investigava Taques por suposta doação de R$ 1 milhão feita por Eraí Maggi
O juiz Francisco Alexandre Ferreira Mendes Neto, da 51ª Zona Eleitoral, homologou promoção de arquivamento de inquérito em face do ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques. Decisão é desta quinta-feira (6). Caso versava sobre suposto caixa 2 na campanha de 2014, no montante de R$ 1 milhão, pago por Eraí Maggi.

Leia também 
Justiça nega pedido de Eraí para arquivar inquérito sobre caixa 2 de R$ 1 milhão a Pedro Taques

 
Inquérito teve como base delação premiada do empresário Alan Malouf. No anexo XI de sua delação, Alan relatou que, em abril de 2016, teria recebido R$ 1 milhão em espécie de Eraí Maggi "para quitar parte dos valores emprestados por ele no financiamento da campanha e financiamento de Paulo Brustolin”.
 
Paulo Brustolin foi secretário de Fazenda na gestão de Taques. Segundo Malouf, ele teria recebido R$ 500 mil em “luvas” para aceitar o cargo. O delator disse ainda que havia um complemento de salário no valor de R$ 80 mil. Porém, segundo decisão, a Polícia Federal não identificou dados capazes de sustentar as alegações do colaborador.
 
“Dos fatos inicialmente narrados e não confirmados em razão de inexistência nos autos de elementos que justifiquem o oferecimento de denúncia, o arquivamento é a medida correta a se tomar, devendo restar consignado, contudo, que todo arquivamento por falta de provas não obsta a retomada das apurações caso estas surjam em momento futuro”, salientou o magistrado.
 
“Posto isso, ausentes os elementos indiciários da tipicidade da conduta, acolho a pretensão formulada e homologo a promoção de arquivamento dos autos do inquérito, com as ressalvas do art. 18 do Código de Processo Penal”, decidiu Francisco Alexandre Ferreira Mendes Neto.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet