Olhar Jurídico

Sexta-feira, 21 de junho de 2024

Notícias | Política de Classe

reta final

Polícia Federal e MPF investigam ataques apócrifos a campanha de Leonardo Campos

Foto: Olhar Direto

Polícia Federal e MPF investigam  ataques apócrifos a campanha de Leonardo Campos
A Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) investigam a origem dos crimes apócrifos na campanha eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso contra a candidatura de Leonardo Campos e Flávio Ferreira, candidatos a presidente e vice, respectivamente. Essa é a última semana da campanha e a eleição será realizada no próximo dia 27. 


Leia Mais:
Leonardo Campos defende que OAB-MT encabece movimentos sociais

Estimativa de que há pelo menos duas semanas Leonardo tem sido atacado através de SMS, e-mails e mensagens via aplicativo de celular ‘Whats App’, de forma anônima e apócrifa. O caso já encontra-se aos cuidados da Procuradoria Regional da República e também foi registrado perante à Superintendência regional da Polícia Federal.

“Essas ações tem o único intuito de perturbar a ordem e agredir a licitude do pleito de uma das instituições mais nobres e tradicionais da república, a Ordem dos Advogados do Brasil”, afirmou Flávio Ferreira.

De acordo com ele, os arquivos são suficientes para caracterizar a existência de prática de crimes previstos na legislação eleitoral.

Segundo Flávio, a pena para quem comete este tipo de ação pode variar de dois meses até um ano. “É evidente, portanto, a existência de materialidade, devendo-se, por imperioso, de imediato, procurar se determinar a sua autoria, para que cessem tais atos, que por certo estão a influenciar o processo eleitoral da instituição e a macular a honra e a imagem dos candidatos, dentro do pleito, agredindo a lisura da candidatura”.  

Flávio ressaltou que “na última semana, todos os candidatos fizeram campanha contra a boca de urna, em nome de uma eleição limpa no pleito da Ordem, mas pondera quanto ao emprego de práticas desse tipo na tentativa desesperada de impedir a vitória da chapa. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet