Olhar Jurídico

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias | Política de Classe

ELEIÇÕES OAB

Conselho Federal nega pedido de Campos e autoriza candidatura de Esgaib na chapa liderada por Moreno

Foto: Reprodução

Conselho Federal nega pedido de Campos e autoriza candidatura de Esgaib na chapa liderada por Moreno
Francisco Eduardo Esgaib, pertencente à chapa “Atitude na Ordem” – liderado por José Moreno-, esclareceu que está apto para concorrer ao pleito da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso. O advogado, que também é membro da Comissão Eleitoral Nacional da entidade, teve candidatura ao cargo de Conselheiro Federal questionada por Leonardo Campos.


Leia mais:
Juiz autoriza recuperação judicial de grupo em crise após gestor sofrer latrocínio


O pedido de providências contra Esgaib afirmava que “Os membros da comissão eleitoral nacional não devem ser candidatos a qualquer cargo nas eleições em que forem atuar”. No documento, foi rogado, ainda que o advogado se abstenha de praticar qualquer ato junto à Comissão Eleitoral da Seccional de Mato Grosso, ainda que informalmente, utilizando de seu status de Membro da Comissão Eleitoral Nacional.

Porém, em resposta ao procedimento, o presidente do Conselheiro Federal da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, autorizou a candidatura de Esgaib. As informações foram divulgadas por meio de nota.

Confira:


NOTA À IMPRENSA

Quanto à matéria veiculada no site Olhar Jurídico, com título “Chapa de Moreno pode sofrer impugnação por irregularidades”, a Chapa Atitude na Ordem, encabeçada por José Moreno, esclarece que:

1. O fato noticiado não condiz com a verdade, vez que o candidato Francisco Esgaib está apto e elegível para o pleito.

2. Informamos,mais, que na data de ontem Presidente Nacional da OAB já decidiu acerca da pretensão contida no Protocolo n. 49.0000.2015.011106-0, REJEITANDO, DE PLANO, o “pedido de providências”da chapa de Leo Capataz.

3. Causa estranheza o candidato adversário não conhecer o teor do Provimento nº 146/2011, notadamente o caráter consultivo da referida Comissão Eleitoral Nacional, não havendo que se falar em “inelegibilidade” do advogadoFrancisco Esgaib, que vem desenvolvendo um reconhecido e destacado trabalho em prol da Advocacia Brasileira, em especial de Mato Grosso.

4. Segue abaixo a decisão proferida pelo Excelentíssimo Senhor Presidente Nacional da OAB.

Clique aqui e veja a decisão


Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet