Olhar Jurídico

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Política de Classe

público x privado

MP investiga construção de aeroporto em fazenda pertencente a familiar de candidato

Foto: Reprodução

Aeroporto se localiza a 150 km de Belo Horizonte

Aeroporto se localiza a 150 km de Belo Horizonte

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais vai abrir inquérito civil para examinar a construção do aeroporto de Cláudio, localizado a 150 km de Belo Horizonte, numa propriedade do fazendeiro Múcio Tolentino, tio do senador e pré-candidato à presidência da República Aécio Neves (PSDB-MG). A obra foi executada pelo Estado quando Aécio era o governador. O objetivo, segundo o promotor Eduardo Nepomuceno, é colher elementos para uma possível ação civil pública.


De acordo com reportagem do jornal Folha de São Paulo publicada neste domingo (20.7), o promotor quer saber os fundamentos da desapropriação do terreno de Múcio Tolentino, se houve interesse público que justificasse a decisão do governo estadual de construir o aeroporto, e por que parentes de Aécio controlam na prática o aeroporto, que deveria ser público.

Leia mais
PTB de Mato Grosso se vê 'obrigado' a marchar com Taques, após rompimento com Dilma e apoio a Aécio
Descarga elétrica mata piloto de senador em hangar do aeroporto de Várzea Grande

Munição para adversário
O caso pode ter reflexos políticos e eleitorais. O bloco que faz oposição ao PSDB na Assembleia Legislativa de Minas Gerais vai propor a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre o assunto.

Em Brasília, o comitê da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição estuda a possibilidade de mover uma ação judicial por improbidade administrativa contra o candidato do PSDB à Presidência. De acordo com a coordenação jurídica da campanha, a decisão será tomada nesta segunda-feira (21.7).

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, integrante do comando da campanha de Dilma, afirmou neste domingo que o senador tucano não distingue o público do privado”. “Ele usou o governo de Minas Gerais como extensão de suas propriedades”, afirmou.

Senador nega benefício
Em nota divulgada este domingo, o candidato do PSDB à Presidência da República, disse que não houve favorecimento à sua família na construção de um aeroporto pelo governo de Minas Gerais dentro da propriedade de um parente.

Segundo reportagem da Folha do último domingo, no fim do segundo mandato de Aécio como governador de Minas Gerais, o Estado gastou quase R$ 14 milhões para construir no município de Cláudio um aeroporto num terreno cujo dono é Múcio Guimarães Tolentino, tio-avô do candidato tucano e ex-prefeito da cidade.

“O aeroporto foi construído em área pertencente ao Estado, não havendo investimento público em área privada. Não houve nenhum tipo de favorecimento. Tanto que o antigo proprietário da área não concordou com a desapropriação e contesta suas bases na Justiça”, afirmou o candidato tucano pelas redes sociais. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet