Olhar Jurídico

Domingo, 14 de julho de 2024

Notícias | Criminal

PEDIDO DA PGR

PF indicia Galvan e Zé Trovão por financiar atos antidemocráticos no 7 de setembro

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

PF indicia Galvan e Zé Trovão por financiar atos antidemocráticos no 7 de setembro
O ex-presidente da Associação Brasileira de Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), Antônio Galvan está entre os 13 indiciados por incitação ao crime e organização criminosa, no âmbito do inquérito que apura a responsabilidade pela organização dos atos antidemocráticos ocorridos em Brasília, em 7 de setembro de 2021, ocasião em que bolsonaristas pediam o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e de rodovias.


Leia mais: Ministro nega quebrar sigilo de Galvan, mas mantém investigação sobre ato pró-Bolsonaro

Além de Galvan, o deputado federal Zé Trovão (PL), o cantor Sérgio Reis e outros onze envolvidos nos atos foram indiciados pela Polícia Federal.

As manifestações, realizadas durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), contaram com ajuda de caminhoneiros e parcela da população.

A pedido da Procuradoria-Geral da República, a PF iniciou as investigações para apurar a responsabilidade dos envolvidos, que empenharam valores para os atos. O caso tramita em sigilo e, agora, após os indiciamentos, a PGR deverá oferecer denúncia contra os envolvidos.

Procurado pela reportagem, Galvan disse que apenas que ainda não foi notificado sobre o indiciamento. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet