Olhar Jurídico

Sábado, 21 de maio de 2022

Notícias | Criminal

sem domiciliar

Justiça nega 'pedido humanitário' e mantém prisão contra acusada de planejar e pagar por morte de companheiro

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Justiça nega 'pedido humanitário' e mantém prisão contra acusada de planejar e pagar por morte de companheiro
O juiz Flávio Miraglia Fernandes, da 12ª vara Criminal de Cuiabá, manteve prisão preventiva decretada em face de Ana Claudia de Souza Oliveira Flor, acusada de planejar e pagar pela morte do marido, o empresário Toni Flor. Decisão é desta terça-feira (10). 

Leia também
Juíza decreta sigilo em ação que tenta retirar mandante de assassinato da lista de herdeiros da vítima
 

Ana Claudia requereu prisão domiciliar por questões humanitárias, visto que possui três filhas menores. Em sua decisão, porém, Miraglia salientou que o conjunto processual aponta que Ana Claudia foi a arquiteta intelectual do homicídio que vitimou Toni Flor. “A mesma não reúne elementos necessários à cautelar requerida”.
 
Sobre as filhas, o magistrado salientou que as crianças não estão desguarnecidas de cuidados,” muito pelo contrário, estão assistidas pela avó materna que vem cumprindo com zelo o múnus, haja vista os informes de que as menores estão passando por acompanhamento com profissionais da saúde”.
 
“Mantenho a segregação cautelar de Ana Claudia de Souza Oliveira Flor”, decidiu o juiz.
 
O caso

Ana Cláudia é acusada e confessou ser mandante do homicídio qualificado praticado contra o seu próprio cônjuge, em 1º de agosto de 2020, por volta das 7h, em frente a uma academia. Toni Flor morreu após ser atingido por disparos de arma de fogo efetuados por terceiro.
 
De acordo com a investigação, Toni Flor e Ana Claudia de Souza Oliveira Flor estavam casados há 15 anos. O casamento, no entanto, vinha se deteriorando, notadamente por conta de relacionamentos extraconjugais. Alguns dias antes de ser morto, Toni teria anunciado a intenção de se separar. Há suspeita ainda de interesse financeiro.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet