Olhar Jurídico

Domingo, 05 de dezembro de 2021

Notícias | Civil

penitenciárias de MT

MPF arquiva investigação sobre aplicação de vacinas vencidas em pessoas privadas de liberdade

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

MPF arquiva investigação sobre aplicação de vacinas vencidas em pessoas privadas de liberdade
O Ministério Público Federal (MPF) determinou o arquivamento de investigação sobre suposta aplicação, durante pandemia da covid-19, de doses vencidas da vacina Astrazeneca em reeducandos do sistema prisional. Informação consta no Diário do MPF publicado nesta quarta-feira (24).

Leia também 
Estudante acusado de matar manobrista da boate Valley passa por júri popular

 
Conforme publicação, inquérito constatou que não houve a destinação de lotes vencidos aos estabelecimentos prisionais do estado. “Arquivamento promovido por ausência de irregularidades a amparar a atuação do MPF”.
 
Inquérito foi conduzido pelo procurador da República Francisco Rodrigues dos Santos Sobrinho. “Em sessão realizada nesta data, o colegiado, à unanimidade, deliberou pela homologação do arquivamento, nos termos do voto do(a) relator(a)”, diz trecho da publicação.
 
Em julho de 2021, reportagem da Folha de São Paulo apontou que milhares de pessoas no Brasil tomaram vacina contra a covid-19 que estavam vencidas. Segundo reportagem, até 250 doses vencidas teriam sido aplicadas em MT. Levantamento apontou problema com 8 lotes. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet