Olhar Jurídico

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

habeas corpus

Ex-adjunto da Casa Civil recorre ao TJMT para retirar tornozeleira

Da Redação - Arthur Santos da Silva

06 Out 2021 - 17:13

Foto: Reprodução

Ex-adjunto da Casa Civil recorre ao TJMT para retirar tornozeleira
Ex-secretário adjunto de Casa Civil, Wanderson de Jesus Nogueira impetrou habeas corpus no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) pedindo retirada da tornozeleira eletrônica. Peça foi protocolizada nesta quarta-feira (6) e aguarda julgamento.

Leia também 
Justiça penhora 30% de pensão paga a ex-deputado para quitar dívida de R$ 285 mil

 
Segundo argumentado, Wanderson não conta com antecedentes criminais, tem endereço fio em Cuiabá, constituiu família e estabeleceu sua vida profissional, estando, atualmente, afastado de quaisquer vínculos com o Poder Público. A defesa salientou que a medida cautelar já ultrapassa um ano.  
 
Wanderson foi preso em flagrante pelo suposto cometimento do crime de corrupção passiva. Policiais flagraram o ex-membro do Executivo Estadual com uma mochila preenchida por R$ 20 mil.
 
Há suspeita que o dinheiro seja fruto de propina paga por contratos firmado com a TMF Construções e Serviços Eireli. Segundo informações disponibilizadas pela ferramenta Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças de Mato Grosso (Fiplan), a empresa TMF recebeu somente em 2020 valor superior a R$ 3,4 milhões.

O desembargador Marcos Machado examinará pedido liminar. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet