Olhar Jurídico

Terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias / Civil

danos morais

Tribunal de Justiça mantém arquivada ação de indenização de ex-Sefaz contra delator

Da Redação - Arthur Santos da Silva

08 Jun 2021 - 11:58

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Tribunal de Justiça mantém arquivada ação de indenização de ex-Sefaz contra delator
A Segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça (TJMT) negou recurso do ex-secretário de Fazenda, Marcel de Cursi, que buscava retomar ação de indenização por danos morais em face do delator premiado Cezar Zilio.  Na ação, Cursi pedia uma indenização de R$ 13 milhões.

Leia também 
PGR cita Medeiros como propagador de hashtags antidemocráticas

 
Segundo os autos, o magistrado de piso extinguiu o processo sem resolução de mérito após o autor ser intimado, mas não realizar o pagamento das custas processuais. Não houve obediência à determinação judicial, o que por corolário redundou na extinção da ação sem análise do mérito.

Ao examinar recurso, o relator do caso, desembargador Sebastião de Moraes, votou pelo não conhecimento. Voto foi seguido, de forma unânime, por Clarice Claudino da Silva e João Ferreira Filho.
 
Cursi é alvo de ações relacionada à Operação Sodoma, acusado de compor organização criminosa. Fatos estão relacionado à gestão do ex-governador de Mato grosso, Silval Barbosa.
 
O ex-secretário de Fazenda é apontado como o mentor intelectual do esquema de desvio de dinheiro e cobrança de propina desbaratado pela Operação Sodoma. Além de ser delatado pelo ex-secretário César Zílio, Cursi é citado por outros delatores.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet