Olhar Jurídico

Sábado, 15 de maio de 2021

Notícias / Eleitoral

campanha de 2018

Polícia Federal pede prazo para concluir inquérito contra Avalone sobre apreensão de dinheiro

Da Redação - Arthur Santos da Silva

04 Mai 2021 - 10:07

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Polícia Federal pede prazo para concluir inquérito contra Avalone sobre apreensão de dinheiro
A Polícia Federal (PF) solicitou concessão de novo prazo para concluir investigação em face do deputado estadual Carlos Avalone (PSDB). O parlamentar é alvo em virtude da apreensão de R$ 89 mil em espécie, além de vários santinhos de propaganda eleitoral, nas vésperas das Eleições 2018.

Leia também 
PF pede mais prazo para investigar campanhas de Wilson Santos em 2008 e 2014

 
O mesmo tema gerou cassação do registro de Avalone no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT). O deputado ainda recorre, guardando seu direito de ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Inquérito, porém, segue aberto e pode embasar ação criminal e face do político.
 
No inquérito, a PF solicitou análise acerca dos gastos da campanha em relação ao uso ou aluguel do automóvel flagrado na ocorrência. Após conclusão das diligências, Carlos Avalone será intimado para prestar declarações.
 
“Tendo em vista o esgotamento do prazo de permanência destes autos no âmbito policial e a existência de diligências em andamento, solicite-se ao Ministério Público Federal, por meio do PJe 0000020-37.2018.6.11.0004, concessão de novo prazo para continuidade da investigação em curso”.
 
Wilson Santos
 
A Polícia Federal também solicitou concessão de novo prazo para concluir investigação em face do deputado Estadual Wilson Santos (PSDB), delatado pelo ex-secretário de Educação de Mato Grosso, Permínio Pinto, por supostos esquemas em 2008 e 2014. Manifestação, do delegado Gabriel Rocha Soares, data do dia três de maio.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet