Olhar Jurídico

Quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias / Civil

MPE investiga serviços de UTI covid-19 na Santa Casa; SES já inaugurou novos leitos

Da Redação - Arthur Santos da Silva

22 Fev 2021 - 15:16

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

MPE investiga serviços de UTI covid-19 na Santa Casa; SES já inaugurou novos leitos
O promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, membro do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), abriu inquérito para investigar irregularidades na prestação de serviços de UTI para pacientes acometidos de covid-19 no Hospital Estadual Santa Casa. A Secretaria de Saúde já inaugurou novos leitos após a comunicação sobre supostas irregularidades.

Leia também 
STF suspende eleição e manda Botelho deixar cargo de presidente da Assembleia Legislativa

 
Conforme portaria, há suspeita de insuficiência de médicos intensivistas, falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), falta de equipamentos e insumos para tratamento dos pacientes e problemas na escala de trabalho da equipe médica.
 
Informação foi repassada ao Ministério Público pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso. Segundo documento, a santa Casa não dispõe de laboratório de microbiologia, o que resulta na dificuldade na realização dos exames.
 
Ainda conforme informado, máscara utilizada por profissionais não é descartada ao final do turno de trabalho, ficando guardada em envelope com identificação. Há informação de que a escala de atendimento de médico na unidade está incompleta.
 
“Desta forma, as irregularidades acima destacadas representam potenciais prejuízos à coletividade, sendo que as mesmas podem configurar, eventualmente, lesão ao direito fundamental à saúde”, considerou o promotor.
 
Documento foi assinado no dia 15 de fevereiro.

Novas UTI's

O Hospital Estadual Santa Casa disponibilizou no dia oito de fevereiro 10 novos leitos de Terapia Intensiva para o tratamento da Covid-19 em Mato Grosso. 

O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, em reunião do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE-MT).

Outro lado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informa que, até o momento, não foi notificada sobre a ação. Assim que a pasta for oficialmente notificada, prestará todos os esclarecimentos necessários ao órgão competente.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet