Olhar Jurídico

Terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Notícias / Geral

Tribunal de Justiça paga em dezembro R$ 2 milhões aos 10 juízes mais antigos; veja lista

Da Redação - Arthur Santos da Silva

07 Jan 2021 - 10:20

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Jorge Tadeu, Maria Aparecida, e Sebastião de Arruda

Jorge Tadeu, Maria Aparecida, e Sebastião de Arruda

Os 10 juízes mais antigos ainda em atividade em Mato Grosso receberam mais de R$ 2 milhões no mês de dezembro de 2020. Conforme levantamento realizado pelo Olhar Jurídico nesta quinta-feira (7), o valor líquido que efetivamente aportou nas contas dos magistrados alcançou R$ 1,7 milhão. Informações estão disponíveis no portal da transparência do Tribunal de Justiça.

Leia também 
TJ paga em dezembro R$ 5,9 milhões a 29 desembargadores; juntas, presidente e vice recebem R$ 288 mil


Conforme a consulta, os pagamentos são divididos em folha corrente e folha complementar. A folha corrente corresponde ao salário. A folha complementar abarca valores como abonos, indenização de férias, gratificação natalina, serviço extraordinário e pagamentos retroativos.
 
Juíza mais antiga em atividade, Maria Aparecida Ferreira Fago, que atua no 2º Juizado Especial Cível de Cuiabá da Comarca de Cuiabá, recebeu na folha corrente o valor bruto de R$ 41.774,50. Após descontos, valor líquido foi de R$ 24.216,15. Na folha complementar, o valor bruto pago a Maria Aparecida foi R$ 161.739,47. O valor líquido efetivamente pago na folha complementar correspondeu a R$ 151.953,90.
 
Segundo juiz mais antigo em atividade, Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, especializada em combater o crime organizado, recebeu na folha corrente o valor bruto de R$ 44.984,70. Após descontos, o valor efetivamente recebido foi R$ 22.464,11. Na folha complementar, o valor bruto pago Jorge Tadeu foi R$ 176.612,92. Após descontos, o efetivamente recebido foi R$ 159.079,45.
 
Terceiro mais antigo, Sebastião de Arruda Almeida, da Turma Recursal Única da Comarca de Cuiabá, recebeu na folha corrente o montante de R$ 44.984,70. Após descontos, o valor efetivamente recebido na folha corrente alcançou R$ 19.951,27. Na folha complementar, o valor bruto pago foi R$ 160.734,77. Após descontos, o efetivamente recebido alcançou R$ 143.969,02.
 
Os 10 magistrados mais antigos em atividade são favoritas na disputa para as nove vagas abertas para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). O pleito ainda não foi disciplinado por edital. O Olhar Jurídico publicou na quarta-feira (7) levantamento que apontou o pagamento total de R$ 5,9 milhões aos 29 desembargadores em atividade.
 
Folha corrente

Maria Aparecida Ferreira Fago/ R$ 41.774,50 - R$ 17.558,35 = R$ 24.216,15

Jorge Luiz Tadeu Rodrigues/ R$ 44.984,70 - R$ 22.520,59 = R$ 22.464,11

Sebastião de Arruda Almeida/ R$ 44.984,70 - R$ 25.033,43 = R$ 19.951,27

Vandymara Galvão Ramos Paiva Zanolo/ R$ 41.774,50 - R$ 16.250,02 = R$ 25.524,48

Paulo Sergio Carreira de Souza/ R$ 41.774,50 - R$ 14.846,96 = R$ 26.927,54

Sergio Valério/ R$ 41.774,50 - R$ 12.106,67 = R$ 29.667,83

Abel Balbino Guimarães/ R$  37.058,02 - R$ 17.297,97 = R$  19.760,05

Onivaldo Budny/ R$ 41.774,50 - R$ 15.226,99 = R$  26.547,51

Márcio Aparecido Guedes/ R$ 43.973,15 - R$ 14.563,01 = R$ 29.410,14

João Bosco Soares da Silva/ R$ 37.058,02 - R$ 16.990,21 = R$ 20.067,81

Total bruto = R$ 416.931,09

Total líquido = R$ 244.536,89
 
Folha Complementar

Maria Aparecida Ferreira Fago/ R$ 161.739,47 - R$ 9.785,57 = R$ 151.953,90

Jorge Luiz Tadeu Rodrigues/ R$ 176.612,92 - R$ 17.533,47 = R$  159.079,45

Sebastião de Arruda Almeida/ R$ 160.734,77 - R$ 16.765,75 = R$ 143.969,02

Vandymara Galvão Ramos Paiva Zanolo/ R$  191.427,22 - R$ 15.468,17 = R$ 175.959,05

Paulo Sergio Carreira de Souza/ R$  159.522,81 - R$ 11.512,02 = R$ 148.010,79

Sergio Valério/ R$ 165.568,31 - R$ 11.614,11 = R$ 153.954,20

Abel Balbino Guimarães/ R$  161.218,41 - R$ 12.446,16 = R$ 148.772,25

Onivaldo Budny/ R$ 154.622,54 - R$ 10.089,55 = R$ 144.532,99

Márcio Aparecido Guedes/ R$ 168.500,57 - R$ 10.052,07 = R$ 158.448,50

João Bosco Soares da Silva/ R$ 172.368,96 - R$ 10.146,96 = R$ 162.222,00

Total bruto = R$ 1.672.315,98

Total líquido = R$ 1.546.902,15

Comentários no Facebook

Sitevip Internet