Olhar Jurídico

Sábado, 05 de dezembro de 2020

Notícias / Eleitoral

Justiça determina que Abílio apague vídeos com falas do 'japonês da federal' contra Emanuel

Da Redação - Arthur Santos da Silva

14 Nov 2020 - 14:33

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Justiça determina que Abílio apague vídeos com falas do 'japonês da federal' contra Emanuel
O juiz Geraldo Fidelis, da 1ª Zona Eleitoral de Cuiabá, acatou pedido liminar e determinou que o candidato ao cargo de prefeito da Capital, Abílio Junior (Podemos), tire de suas redes sociais vídeo em que personagem conhecido como “Japonês da federal” supostamente afirma que está esperando o momento de ir para Cuiabá para prender o prefeito.

Leia também
Deputado convoca secretário de Educação para justificar fechamento de escolas na ALMT

 
A suspensão do vídeo foi determinada após pedido de Emanuel Pinheiro (MDB), que busca reeleição. O ex-agente da Polícia Federal Newton Ishii, apelidado de “Japonês da federal” famoso por fazer prisões na operação lava jato.  O prefeito argumentou ainda que o vídeo aparenta ser uma montagem, “porque a fala não condiz com o movimento dos lábios do ex-agente”.
 
“montagens com fala distorcida, montagens de notícias falsas, isso deve ser reprimido pela justiça o mais rápido possível, pois é de extrema gravidade, enganar a população e os eleitores”, avaliou Emanuel.
 
Em sua decisão, Fidelis ponderou que a gravação ridiculariza Emanuel “ao atentar contra o seu moral, além de o vídeo aparentar, claramente, a utilização de montagem”. O magistrado esclareceu ainda que a continuidade da veiculação da mensagem pode vir a influenciar a disputa eleitoral.
 
“Ante o exposto, concedo a tutela de urgência inaudita altera pars, para determinar que o representado seja, imediatamente intimado para remover de suas redes sociais o vídeo combatido, sob pena de multa diária”.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet