Olhar Jurídico

Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Notícias / Eleitoral

Justiça determina que Fávaro retire do ar propaganda com 'excesso' de Mauro Mendes

Da Redação - Arthur Santos da Silva

13 Out 2020 - 15:48

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Justiça determina que Fávaro retire do ar propaganda com 'excesso' de Mauro Mendes
O juiz da Propaganda Eleitoral, Ciro José de Andrade Arapiraca, membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TER-MT), determinou que a coligação Fazer mais por Mato Grosso, que tem como candidato ao Senado, Carlos Fávaro (PSD), retire do ar sua propaganda da TV e rádio.

Leia também 
MP apura possíveis danos ao erário em obra com contrato cancelado por prefeito
 

De acordo com a representação feita pela assessoria jurídica da Coligação Meu partido é o Brasil, nossa missão é Mato Grosso (encabeçado pela coronel Fernanda), o candidato abusou do percentual permitido por lei ao colocar o apoio do governador Mauro Mendes (DEM) por mais de 50%  da sua inserção na tv e no rádio.
 
Caso o candidato insista no crime eleitoral ele poderá ser multado em R$ 10 mil por cada inserção usada. O magistrado também mandou notificar as emissoras para que elas não divulguem a propaganda irregular.
 
“De fato o arquivo de áudio acostado pela representante demostra cabalmente a violação ao limite máximo do tempo de fala de apoiador político na propaganda dos representados”, afirma trecho da decisão.
 
Posicionamento de Ciro José de Andrade Arapiraca é do dia 12 de outubro.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet