Olhar Jurídico

Quinta-feira, 02 de julho de 2020

Notícias / Geral

OAB pede relatório de produtividade do Judiciário durante período de teletrabalho

Da Redação - Vinicius Mendes

26 Jun 2020 - 08:28

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

OAB pede relatório de produtividade do Judiciário durante período de teletrabalho
A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT) solicitou ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) o encaminhamento de relatório de produtividade durante o período de teletrabalho. O sistema de homeoffice vem sendo utilizado pelo órgão desde março, como medida de contenção ao avanço do coronavírus. 

Leia mais:
OAB-MT solicita reabertura de portas dos fóruns e prédios do Judiciário

Por meio de ofício também foi requerida a implementação do processo judicial eletrônico (PJE) nas comarcas e varas onde os procedimentos ainda tramitem de forma física, bem como a priorização de dia migração para meio digital.

"Considerando o princípio da transparência, é importante que a advocacia e a sociedade tenham acesso às informações relacionadas a produtividade dos membros do Poder Judiciário durante este período", explica a presidente em exercício da Ordem, Gisela Cardoso. 

Com relação ao PJE ela afirma que, mesmo com o retorno das atividades econômicas e jurisdicionais em todo o país, por um tempo considerável será necessário que toda a sociedade continue adotando as medidas de segurança para a contenção da propagação do coronavírus. 

"Neste contexto, a tramitação dos processos na modalidade eletrônica é uma das formas que pode contribuir para minimizar os riscos de contágio, já que apenas alguns atos processuais dependerão de contato presencial entre as partes." 

Frente aos desafios impostos pela pandemia de Covid-19, a OAB-MT classifica como essencial o desenrolar do trâmite processual, além da continuidade no cumprimento dos mandados, obedecendo todos os requisitos de segurança definidos pelos órgãos de saúde, a fim de garantir a efetividade da prestação jurisdicional. 

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Para Lulu Boca de Veludo
    28 Jun 2020 às 10:44

    Luiz Alberto a OAB como qualquer cidadão é FISCALIZADORA dos atos Públicos!!!Volta la no reduto , vc sumiu miguxa!!

  • augusto
    27 Jun 2020 às 18:07

    Vergonha alheia da OAB....sabia que todos os dados estão no portal de transparência do CNJ???????????????????????? Ainda comunica a imprensakkkkk

  • Igor
    27 Jun 2020 às 10:33

    Pois é, apesar deter vários processos "conclusos", seja para despacho, seja para sentença, as únicas "publicações" que recebi neste período foi de conversão de processo físico para virtual.

  • Rafael Rossi
    26 Jun 2020 às 13:54

    A OAB deveria ser transparente com os processos disciplinares no Tribunal de Ética, pois tem sido cada vez mais frequentes as notícias e denuncias de que advogados se apropriam indevidamente de valores de seus clientes.

  • Luís
    26 Jun 2020 às 13:29

    E os 3.000 processos que estão no Tribunal de Ética da OAB ? A OAB vai julgar quando? Boa parte são de dinheiro que o advogado não prestou contas ao cliente!!!

  • Vivian
    26 Jun 2020 às 13:05

    Essa Presidente interina está mais perdida que cego em tiroteio. A produtividade de qualquer Tribunal de Justiça do País está disponível no site do CNJ. O TJMt é o 2 Tribunal em maior produtividade nesta quarentena. Está se produzindo muito mais pois não há a necessidade de fica atendendo advogado sem noção e partes indo ver os processos porque o advogado ou não repassa os andamentos ou não atende a ligação ou recebe o dinheiro e não repassa os valores... quanto aos processos, todas as varas cíveis já estão no PJE, e os processos físicos há mais de mês já passou a ser híbrido, ou seja, na quarentena passaram a ser virtuais...acorda advogada!

  • Cidadão
    26 Jun 2020 às 13:03

    Querem apenas aparecer. Os dados de produtividade são públicos e estão disponíveis para qualquer um no site do CNJ.

  • JOSE NILDO
    26 Jun 2020 às 11:58

    KKKK O PODER JUDICIÁRIO "EM CARNE E OSSO" É UMA PIADA ..TRABALHANDO INTERNAMENTE ...NEM IMAGINA A PRODUTIVIDADE, JÁ NÃO ANDAVA AGORA ATOLOU DE VEZ....

  • Luiz Alberto
    26 Jun 2020 às 11:02

    Embora a fundamentação de que os mandados devam ser cumpridos e de que os processos devam tramitar sejam válidas e dignas de louvor, cabe a pergunta: Agora a OAB é corregedora do judiciário?

  • PAGADOR DE IMPOSTOS
    26 Jun 2020 às 10:36

    TRANSPARENCIA É MUITO IMPORTANTE MAS ESTÁ FALTANDO MUITO, MUITOS ADVOGADOS E ADVOGADAS RECEBENDO E NÃO EFETUANDO O SERVIÇO , ESSE NEGÓCIO DE COLOCAR DINHEIRO DA AÇÃO NA CONTA DO ADVOGADO OU ADVOGADO DAR QUITAÇÃO É FRIA, OUTROS PERDEM OS PRAZOS NÃO FALA NADA E A PARTE PERDE A AÇÃO POR NEGLIGENCIA DO ADVOGADO, SENHORES DEPUTADOS E SENADORES, JUÍZES, FAÇAM ALGUMA COISA PARA MUDAR ESSE SISTEMA PERVERSO !

Sitevip Internet