Olhar Jurídico

Quarta-feira, 03 de junho de 2020

Notícias / Geral

Juíza interna por até três anos menor acusado de matar menina de 13 anos que estava grávida

Da Redação - Arthur Santos da Silva

19 Mai 2020 - 14:10

Foto: Reprodução

Juíza interna por até três anos menor acusado de matar menina de 13 anos que estava grávida
A juíza Daiene Vaz Carvalho Goulart, da Segunda Vara Cível da Comarca de Sorriso (399 km de Cuiabá), julgou procedente representação ofertada contra o menor M.H.K.M., acusado dos atos infracionais análogos aos delitos de estupro de vulnerável, homicídio qualificado e aborto sem consentimento da gestante, em concurso material de condutas.  O adolescente era investigado pela morte de  Anna Luiza Nunes do Carmo, 13 anos.

Leia também 
Juíza aprova processamento de RJ de grupo de ex-prefeito por dívidas de R$ 30 milhões
 

A magistrada aplicou ao menor medida socioeducativa de internação, por tempo indeterminado, porém, restrita ao prazo máximo permitido por lei de três anos. A cada seis meses deverá ser realizado exame psicossocial para verificar a necessidade ou não da manutenção da medida. A sentença foi proferida na sexta-feira (15).
 
O laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmou que Anna Luiza Nunes estava grávida quando foi morta pelo adolescente de 15 anos. O acusado teria matado a companheira com temor de que o nascimento do bebê acabasse com outro relacionamento.
 
A Polícia Militar encontrou o corpo de Anna Luiza no bairro Jardim Itália, em Sorriso, na madrugada do dia 2 de abril. Ela estava desaparecida desde 31 de março. M.H.K.M. contou ter matado a vítima com um golpe de mata-leão e depois arremessado um tijolo nela, além de dar vários golpes com um pedaço de madeira.
 

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Alice
    20 Mai 2020 às 09:43

    Estou muito chocada com essa notícia, gente, olha a idade desse garoto para cometer tamanha crueldade :( É realmente, muito lamentável.

  • nelson
    20 Mai 2020 às 08:54

    Tadinho 3 anos, manda ele aqui pra roça não dura 3 hoiras

  • Ricardo Guimarães Jabali
    20 Mai 2020 às 08:22

    Sugestão apagarem a foto da garota. Respeito a pessoa.

  • Moacir
    19 Mai 2020 às 18:41

    Se este indivíduo tem pais ou responsável, acredito que nunca usam a vara da disciplina nele. Porque o pessoal dos direitos da infância e juventude não leva ele pra casa deles.??? Este é o modelo de cidadão que o sistema educacional cujo o indivíduo faz o que quer e o que bem entende está produzindo. Lamentável.

  • matogrossenseroxo
    19 Mai 2020 às 18:29

    que nenhum louco de advogado tire ele antes desse lugar que saia de la com 18 anos e va direto para um presidio

  • Leonardo
    19 Mai 2020 às 17:27

    Atos infracionais??? Homicídio e estupro Só podia ser no Brasil.

  • CORONA
    19 Mai 2020 às 16:29

    RUA DA VITÓRIA, BAIRRO ALVORADA, e a RUA OSÓRIO DUQUE ESTRADA, BAIRRO ARAÉS, PERTO DO JOÃO CAVALO, PONTOS TRÁFICO DE DROGAS MAIS CONHECIDOS DA CIDADE DE CUIABÁ. Lá o CV manda e desmanda e faz o que quer. Boca de fumo nessas ruas é o que não falta. Repassem à Polícia essa denúncia

  • Eita
    19 Mai 2020 às 16:25

    Triste pq vai sair com a ficha limpa e a menina esta morta. A menina e o bb

  • Davi
    19 Mai 2020 às 15:47

    As leis brasileiras empurram o cidadão de bem para a vingança privada.

Sitevip Internet