Olhar Jurídico

Terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Notícias / Eleitoral

Jackson Coutinho é nomeado juiz membro titular do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso

Da Redação - Arthur Santos da Silva

20 Nov 2019 - 08:10

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Jackson Coutinho é nomeado  juiz membro titular do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso
O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), assinou nesta terça-feira (19) a nomeação do advogado Jackson Coutinho para a vaga de juiz membro  titular do TRE (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso).

Leia também 
Ministério Público questiona competência do TRE em inquérito policial contra Pivetta

 
A vaga agora ocupada por Coutinho foi aberta em decorrência da vacância da cadeira do ex-juiz membro e advogado Ricardo Almeida. A lista tríplice enviada, além do nomeado, continha as indicações dos advogados Huendel Rolim e Ronimárcio Naves.
 
O agora titular já atuou na Justiça Eleitoral como juiz membro substituto. Ele participou de 90 sessões plenárias, recebendo em seu gabinete 180 processos, tendo despachado 151 decisões interlocutórias, 76 julgamentos monocráticos, e 69 julgamentos colegiados relatados.
 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Joao
    20 Nov 2019 às 15:43

    Homem honrado e honesto, dentre os partipantes o presidente escolheu corretamente!

  • Ares
    20 Nov 2019 às 14:22

    Digita aí no Google quem é o maior ladrão do mundo ?Vai umas pistas é o ícone carro chefe presidiário de estimação do pt tem nove dedos nome de um molusco roubou bilhões deixando 14 milhões de desempregados foi tão canalha que se comparou a Jesus Cristo como o homem mais santo que já existiu mais não conseguiu provar sua inocência teve que mudar o entendimento do STF pela terceira vez para ser solto digita aí no Google mate sua curiosidade

  • Lucia Helena
    20 Nov 2019 às 11:20

    Gratificante ver jovens assumindo cargos por competência , Parabéns Dr Jackson

  • Lucio Flávio
    20 Nov 2019 às 10:59

    Excelente indicação. Como juiz substituto atuou intensamente demonstrando total preparo para o cargo.

Sitevip Internet