Olhar Jurídico

Sábado, 04 de dezembro de 2021

Notícias | Administrativo

AVALIAÇÃO

Mato Grosso fica na 18ª colocação em Ranking Nacional de Transparência dos municípios

Foto: Reprodução

Ministério Público Federal

Ministério Público Federal

Mato Grosso ficou apenas na décima oitava colocação na segunda avaliação do Ranking Nacional Transparência de governos municipais elaborado pelo Ministério Público Federal (MPF).

Leia mais: 
Desembargadores julgam hoje pedido de afastamento de juíza em ações de Silval Barbosa


Apesar da nota do Estado ter caído de 9,5 para 8,10; 76 municípios obtiveram nota acima de 5, o que representa mais de 50% do total de 141. Na segunda avaliação do Ranking da Transparência, três municípios mato-grossenses obtiveram a nota máxima. São eles Campo Novo do Parecis, Ipiranga do Norte e Tangará da Serra.

Onze municípios obtiveram nota zero, cerca de 7,8%. São eles: Alto Taquari, Araputanga, Cáceres, Glória D´oeste, Guiratinga, Nova Marilândia, Novo Santo Antônio, Poxoréo, Santa Rita do Trivelato, Santo Antônio do Leste e Vale de São Domingos.

Entre as capitais de todo país Cuiabá ficou em 15º lugar. Na primeira avaliação a capital de Mato Grosso recebeu pontuação de 8,5 e na segunda avaliação o índice caiu para 8,9. A capital mais bem avaliada no índice é Florianopólis, de Santa Catarina, e a última é a cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

O índice vai de 0 a 10 é calculado através de uma avaliação realizada por unidades do Ministério Público Federal. O questionário utilizado na pesquisa foi elaborado elaborado no bojo da ação nº 4 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Enccla) do ano de 2015 (http://enccla.camara.leg.br/acoes) por representantes de diversas outras instituições de controle e fiscalização.

Os resultados da pesquisa sobre a transparência dos municípios de Mato Grosso podem ser encontrados neste link
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet